Eu sei que o correto seria meu velho e eu, mas eu e meu velho parece um errado tão certo, não? A verdade, é que independente de como é a grafia correta, meu velho, para mim, não é tão velho assim.

Seu cansaço, provocado pela idade não parece ser tanto idade assim e ele ainda é aquele cara incrível que eu esperava acordada, mesmo tarde, esperando ele chegar do trabalho apenas para lhe dar um beijo, um abraço e fazer ele beijar minha mãe. Sim Brasil, eu era essa criança irritante que adorava ver os pais se beijarem.

A verdade, é que quando um dos nossos maiores heróis são nossos pais, temos que começar a aceitar que eles ficam exaustos, que eles não conseguem dirigir com a mesma manha que tinham e principalmente, que tudo que eles fazem é mais devagar, porque eles se tornam mais lentos, assim quando a gente já foi um dia.

Eu não sei você, mas para mim, essa é a melhor parte da viagem, apesar de ser um pouco triste também. Um dia ele vai partir, só não sei se ainda estou pronta para isso. caramba, antigamente 65 anos parecia tão velho e hoje, quando ele chegou nessa idade, para mim, é tão novo. Ainda quero ter meu pai por muitos anos. Quero ele tendo o seu sonhos de ter um neto realizado, quero ele realizando os próprios sonhos, que ainda são muitos, poxa, eu quero ele me dando os conselhos que ele me dá por muitos anos ainda. É muito pedir aí mais uns 45 anos?

A verdade, é que poder ter um emprego que eu amo, fazer o que eu mais amo na vida, que é produzir conteúdos e ainda poder ver meu herói todos os dias é a maior dádiva que uma pessoa pode ter. beijar, abraçar, comemorar pequenas coisas, como passar o dia dos pais com um café da manhã quentinho, é o maior presente que um filho pode querer!

Apesar de cada ano que passa meu pai envelhecer mais um pouquinho e se mostrar assim, tão parecido com meu avô, que foi tarde e não pode fazer comigo, tudo que eu via os avôs dos meus amigos fazerem com eles, eu ainda o vejo como meu herói.

Meu herói também erra gente, ás vezes, erra feio e olha que é complicado ele assumir que erra, mas a cada ano que ele envelhece, ele também fica mais sábio e eu acho que o fato de aceitar que erramos vem da sabedoria.

Meu herói acerta, ele acerta muito mais que erra. meu herói acerta muito! Ele acertou quando não me deixou ir embora para outra cidade, para fazer uma faculdade que eu nem queria muito. Ele acertou quando disse que eu seria uma boa pessoa, mesmo nem eu mesma sabendo o que eu queria ser. Meu herói acertou quando largou toda a boa vida que tinha para ir morar fora, porque sabia que tinha que dar uma vida melhor para a família toda. Meu herói acertou quando abriu mão dos próprios sonhos, para sonha junto com aqueles que ele amava demais.

Para sociedade, meu herói não é perfeito, ele é cheio de erros e acertos, mas eu tenho certeza que para mim, ele é perfeitinho, ele veio certinho para mim e eu apenas tenho que agradecer cada segundo para poder beijar o cocuruto de sua cabeça quando chego em casa e seu corpo cansado, de mais um dia de trabalho está sentado na sua poltrona do papai.

Meu herói não usa capa, mas ele curte usar um sapato social, com sua calça jeans descolada e uma camisa bonita. Meu herói curte usar hidratante, perfume, cortar bem o cabelo e ser um homem vaidoso.

Meu herói às vezes chora e eu choro com ele. Seja por arrependimento, por saudade ou apenas para desabafar, ele é sensível.

Ele também é ranzinza. Às vezes, chega a dar no nervo, mas ele também é calmo, tem sorriso frágil, basta um abraço e um monte de beijos para ele começar a sorrir e depois a rir e depois ficar bravo, me chamando de grudenta, mas quando não faço isso, já se preocupa, porque é bem provável que eu não esteja bem.

Meu velhinho aprendeu a usar o telefone celular de tocar na tela, me liga pelo menos uma vez ao dia, se eu não ligo para ele e reclama se eu passo apenas um dia sem ir lá e você e pensa que eu acho ruim? Eu acho é pouco!

Eu sei que algum dia, o Dia dos Pais vai ser péssimo. Olha aquela cadeira vazia e não poder te beijar, abraçar e nem tomar café com você vai ser horrível. Mas enquanto Deus lhe permite ficar comigo, aqui nessa Terra, mesmo com todos os problemas do mundo velhinho, eu quero aproveitar cada segundo, sem perder nada, mesmo que seja suas broncas porque às vezes, eu meto o pé na cachaça e acordo de ressaca.

Te amo é pouco pro que sinto, mas o suficiente para esse plano!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s