Mesmo após uma série de desilusões amorosas bem sérias, ao invés de me fechar, me tornar uma pessoa amarga, desiludida e fechada, eu ainda acredito no amor. Se você que viveu tudo que eu vivi, mas desistiu do amor, eu apenas posso dizer que lamento por você.

Deus me livre de iludir alguém, de quebrar o coração da pessoa ou trair os sentimentos de dela por mim. Que ele me liberte dos cafajestes, salafrários, mal carácter, os fracos e os moleques disfarçados de homem!

Que Ele me permita viver um grande amor, que eu possa sentir uma ansiedade gostosa, que as borboletas possam invadir meu estômago, fazendo cócegas por todos os lados. Que eu possa olhar fundo nos olhos de alguém e sentir tanto amor e tanta ternura, que transborda e que essa visão seja recíproca!

Ah, isso é importante, eu quero reciprocidade! Eu quero representatividade! Que Ele me permita, do nada encontrar alguém que vai me tirar o ar, que vai me fazer sorrir apenas por um bom dia, que vai me fazer ter lágrima nos olhos, mas desta vez, de felicidade.

Quero acordar com café na cama, com beijo de bom dia! Quero lavar a louça enquanto ele me ajuda a limpar outro canto da casa e ser atacada com uma guerra de almofada e tudo terminar em um beijo apaixonado e uma declaração de amor. E por que não fazer isso um dia na minha casa e outra na casa dele? Precisa mesmo estar junto o tempo todo?

Mas ainda sim, quero estar junto o tempo que for o necessário para o amor fluir, quero andar de mão dada na praia, ver o por do sol e sentir que não teria momento melhor do que aquele.

Quero voltar a sentir as pernas tremendo de nervoso quando alguém me fala: tenho uma surpresa, mas você tem que prometer não ficar puta e quando eu abro meus olhos, é uma viagem pra algum lugar que eu queria muito, mesmo que a gente esteja meio apertado, mas no fundo, ele só queria me levar pra longe e me ver mais aliviada.

Quero sentar tranquila no sofá, ver uma série, fazer um carinho e cuidar por um bom tempo. Quero fazer uma surpresa, usar aquela lingerie sensual em um dia qualquer durante a semana, bem produzida, apenas para mostrar como meu desejo por ele é tão grande, mesmo que ele esteja cansado, mal humorado do trabalho ou ainda distraído. Homem também fica assim e tudo bem!

Quero chamar sua atenção apenas com o cheiro do perfume quando saiu do banho e fazer algo para comer, mesmo que eu seja péssima na cozinha.

Quero parceria, mas também quero espaço. Por que ele não pode ganhar vários vales night pra sair com os amigos e se divertir com eles, com amor e responsabilidade? Claro que pode pô! Homem que é homem mesmo, ele pode ir até para uma festa lotada de mulher gostosa pra caralho e não pegar nenhuma, porque ele tá ali, se divertindo com os amigos, apenas. Esse homem existe? Ah existe, eu ainda acredito que homens existem!

Também quero brigas, brigas bobas, brigas sérias, mas que elas não passem por mais de uma ou duas horas de mal e quando voltarmos, percebemos que mesmo com apenas duas horas, foram as piores duas horas do mundo.

Quero alguém que me ame e aceite meu amor, um amor leve, um amor com as cobranças que devem ser feitas, cheio de segurança, cheio de liberdade, confiança e o mais importante amor! Eu quero um amor, porra! E eu quero um amor que me veja falando porra e vai pensar: que mulherão da porra essa e vai achar normal! Falar palavrão é para os fortes.

Parece um conto de fadas? Parece. Mas quem não quer viver um conto de fadas? E por que eu não posso ser uma princesa urbana, que come cachorro quente sentado na sarjeta, bebendo uma breja e falando bobeira com um cara que vem para acrescentar na minha vida, assim como eu farei o mesmo com ele?

Cada um tem o reino que lhe cabe e meu reino pode ser apenas o meu cantinho e o dele, onde a gente vai ter os melhores e os piores momentos, mas sempre juntos, porque a gente sabe que nessa vida de adulto, coisas boas e ruins acontecem, depende apenas de um momento.

Que eu possa voltar a falar um te amo cheio de amor, de verdade e que essas palavras possam ser ouvidas por mim, pela primeira vez, sem leviandade ou irresponsabilidade. Que eu possa trombar, assim, como por acidente que saiba e entenda, realmente, o que é um amor e de repente tudo começa. Ouvi um amém?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s