Eu sempre tive um sonho: ser escritora! E nem precisava ser de um grande romance e nem qualquer coisa que me desse um Nobel de Literatura (alô Sheldon, esse Nobel é importante sim, meu querido!), bastasse realizar meu sonho de ver alguma coisa minha publicada em algum lugar.

Escrevi minha primeira história com onze anos. Era uma história muito ruim, minha nossa, contando a história de uma tartaruga que estava sendo discriminada, porque ela tinha pintas amarelas. Olha, eu não sei porque, mas eu sempre gostei dessas histórias de superação. Olha como as coisas são interessantes!

Claro que ninguém nunca leu e essa história se perdeu com o tempo, depois da formatação do meu computador, mas a verdade, é que eu me descobri! Enquanto todo mundo queria ser médico, advogado, enfermeiro, psicólogo, professor, eu apenas queria escrever e acabei sendo incentivada pelo meu pai a procurar algo que eu pudesse expressar meu desejo, já que segundo ele, escritor não dava dinheiro: por um tempo, queria ser professora. Quer coisa mais inspiradora do que inspirar pessoas a gostar de ler escrever?

O tempo passou e graças a Deus, minha vontade de escrever só aumentava. Aumentei meu amor pela leitura com meu primeiro clássico: Os Miseráveis! Meu Deus, que livro, que personagens! Eu sabia que se algum dia eu fosse escritora, aquele livro era meu mínimo! Que trama! E desculpe sociedade, mas eu dava um pão para o Jean Valjean, mesmo que isso pudesse tirar Cosette de seu caminho. Aliás, como amo Cosette!

COMEÇARAM OS CLÁSSICOS

Depois vieram os clássicos da literatura infantil e adolescente: Harry Potter (e todos que saíram com eles), Crepúsculo, Pretty Little Liars, Jogos Vorazes, todos os livros do Nicholas Sparks e depois, na medida que ia me tornando uma adulta, livros mais sérios, como 1888, A Cabana, Caçados de Pipas e por aí vai. Cada livro era um pedaço de uma história que eu ia conseguindo construir na minha mente. Depois de anos, a primeira história.

Primeiro comecei com fanfics, que são histórias que criamos com personagens de livros e filmes famosos. No meu caso, meus prediletos eram os antepassados de Harry Potter ou seu futuro, como em minha última fanfic.

Depois disso, comecei a arriscar minhas próprias histórias. Nunca as mostrei para ninguém, não inteiras, apenas fragmentos. São uns cinco universos diferentes e uns doze livros produzidos. Completos, escondidos, mas que algum dia, talvez, se tornem objeto de incentivo na mão de alguma criança ou adolescente… E por que não um adulto?

FINALMENTE, O PRIMEIRO PASSO

Mas o passo mais importante é esse blog que vos fala! Que emoção, contar as minhas histórias, as histórias de pessoas que são incrivelmente especiais para mim e o mais importante, inspirar outras pessoas a viverem ou a não viverem o que eu já vivi!

O que eu quero deixar bem claro e o mais importante é que independente de como, faça o que te faz feliz, faça algo que você ame e realmente, você nunca vai trabalhar nenhum dia. Faça algo que te inspire, porque apenas assim você terá ainda mais vontade de aprender e irá evoluir.

Eu? Me sinto a pessoa mais feliz e a pessoa com o maior medo do mundo. Muito íntimo não é? Contar a história de alguém! E se não for do jeito que ela espera? E se não inspirar ninguém? Para colocar esse projeto para rodar, eu tive que superar esses medos e eu espero que para você fazer o que você ama, você consiga superar os seus.

Sente-se, delicie-se e aproveite cada palavra, pois elas foram escritas com o maior amor do mundo para vocês! E como eu já disse em um outro artigo por aqui, amor é a melhor coisa para ser vivida e ela nunca nos deixa!

E assim como espero escrever por um bom tempo, espero lhe ver aqui, por um bom tempo e em breve, você me contando, como alguém aqui conseguiu lhe inspirar! Puxe o teclado e não deixe de nos contar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s